ecfamalic-famalicão

Novembro 19 2007

 www.ecfamalic.blogspot.com 

Relativamente às termas devo dizer que, " Portugal foi desde a sua fundação pioneiro da assistência termal, pois logo os seus primeiros reis instituíram estabelecimentos de assistência junto às termas, que uma longa tradição reputava como afamadas para vários males"(19).

E é bem certo que Portugal é um país com grandes tradições termais, já desde a época romana, e estabelecimentos termais encontramo-los desde Melgaço, no Minho até Monchique, no Algarve.

No que respeita à região de Famalicão, as termas mais próximas, eram as das Caldas da Saúde  e de Vizela.

Vou falar um pouco das termas das Caldas da Saúde. A região onde se encontra a estância termal das Caldas da Saúde tem todas as características do Minho – que na opinião de Camilo Castelo Branco «bem pudera ser a flor da Europa», embora pertença geograficamente à província do Douro Litoral (20).

As termas, ligadas pela estrada... às vilas de Santo Tirso e de Famalicão, distam respectivamente 3 e 7 Kms das sedes daqueles concelhos.

"Caldas da Saúde tem um clima agradável e como o seu nome indica – sã.  A temperatura, durante a época termal, oscila entre 22 e 31 graus. O local é seco. Não há nevoeiros. Os ventos dominantes são os do Norte e o Oeste. Altitude 112 metros" (21)

"São as águas das Caldas da Saúde consideradas...como águas sulfúreas - sódicas primitivas, cloretadas, alcalinas, etc. Empregadas com fins terapêuticos há longos anos - supõe-se mesmo, atendendo à tradição e aos achados arqueológicos, que elas foram aproveitadas pelos romanos" (22).

Importantes estas termas e as mais próximas de Famalicão (7 Kms), daí que muitas pessoas do concelho as frequentassem, bem como eram frequentadas as termas de Vizela.

"A vila de Vizela  fica a nove kilometros de Guimarães, a 31 de Braga e 50 do Porto. Centro apreciável de turismo, pelas belezas próprias... Mantendo a tradição secular das suas milagrosas curas, a estância hidrológica de Vizela, é no seu género, a primeira do país tanto pela excelência das suas águas... que brotam a temperaturas compreendidas entre 15 e 65 graus" (23).

Segundo o panfleto da Edição Turismo de Vizela, " data de 1774 a descoberta destas termas, cuja remota origem vem de civilizações extintas, pois nelas procuravam alivio, celtas e romanos, godos e árabes"(24).

Quanto aos famalicenses, devo dizer que muitos deles frequentavam as termas, indo todos os dias a banhos às Caldas da Saúde, pois não existia hotel para aí se hospedarem. Quem frequentava as Caldas de Vizela já o fazia por quinze dias ou um mês.

Quanto a referências no jornal famalicense daquela época, devo dizer que muitos elogios receberam as Caldas da Saúde, onde se lê que "está em pleno funcionamento o estabelecimento thermal, a pouca distancia d'esta villa (Famalicão), estância já muito acreditada pelo avultado número de curas devidas à excelência das suas águas.

De Santo Thirso e de Famalicão vão muitas centenas de pessoas tomar banhos e águas às Caldinhas como por aqui lhe chamam" (25).

Isto é um bom testemunho, da importância das termas para a população que às centenas ía todos os dias a banhos.

    HistóriGeo-Portugal

www.ecfamalic.blogspot.com 

 (19) Termas localizadas no concelho de Santo Tirso.

(20) CARNEIRO, Alexandre Lima, As Caldas da Saúde, Porto, 1962, p. 9.

(21) Idem,... p.p. 10-11.

(22) Idem, Ibidem, p.12.

(23)  Vizela, Rainha das Termas de Portugal - Vizela, Edição Turismo de Vizela, 1946.

(24)  Idem , Ibidem.

(25)  in Estrella do Minho - Famalicão, 9/Jun/1901, "As Caldas da Saúde".

(26) Idem, ...3/Jun/1900, "Termas".

www.eduardocarneiro.blog.com

 

publicado por EduardoSantosCarneiro às 19:51
Tags:

Junho 13 2007

ec chaves

 https://www.facebook.com/pages/Hist%C3%B3riGeo-Portugal/130500857025122

ecfamalic/investigação: http://sol.sapo.pt/blogs/eduardocarneiro

Vila Nova de Famalicão

A partir de meados do século XIX, depois da refundação do concelho e com a abertura da estrada Porto - Braga em 1875, Famalicão entra numa fase de grande desenvolvimento. Constroiem-se edíficios públicos, como o Hospital da Misericordia (1878), e os Paços do Concelho em 1881 e erguem-se "edíficios particulares luxuosos" (8),com capitais vindos do Brasil, de que é exemplo o "Palacete do Barão da Trovisqueira" (9).

É nessa época que começam a instalar-se na vila e no concelho, fábricas e oficinas, são os casos da fábrica de relógios "A Boa Reguladora" em 1895, da Tipografia Minerva em 1886 e das fábricas texteis em Riba de Ave, freguesia pertencente ao concelho de Vila Nova de Famalicão. Das fábricas de Riba de Ave posso referir a primeira a ser instalada que foi em 1890 pelo Barão da Trovisqueira, em 1896 a Sampaio Ferreira fundada por Narciso Ferreira, que se tornou no maior indústrial português no ramo da indústria textil (10). **

EduardoSantosCarneiro - HistóriGeo - Portugal

  (8) VIEIRA,J. A. -O Minho Pitoresco - Lisboa, Ed. Lisboa, 1887.

  (9) Idem, Ibidem.

(10) Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira ,Lisboa, Ed. Enciclopédia Lda. , s/d, vol.11, p.177

**CARNEIRO, Eduardo Manuel Santos (1997) -"Actividades Sócio-Culturais, Comerciais e Personalidades de V. N. Famalicão no início do século XX", Boletim Cultural nº 14, V. N. Famalicão, 1997.

www.eduardocarneiro.blog.com

 

publicado por EduardoSantosCarneiro às 22:57
Tags:

Eduardo Santos Carneiro
mais sobre mim
Junho 2020
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO